Deixe estar…

3085288

As vezes minha poesia seca,
e eu fico assim sem sementes
para plantar no meu jardim
das memorias, inspiração!!!

Minha poesia se exila ás vezes,
vai embora para algum lugar
que eu não sei, somente sinto
ela parte e me deixa só….

E eu fico!
submissa eu espero
eu relevo, pondero,
tudo bem,
deixe estar….

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5149874

 

Anúncios

Sua opinião é sempre bem vinda!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s