Templário…

Cavaleiro-Templário_thumb[4]
E aqui estou eu neste momento
cara a cara comigo,qual é meu destino?
rufam ondas de odio,já dobram os sinos
o palco  montado, qual o meu papel?

Joelhos na terra, espada no chão
triste templario nesta solidão
clamo aos ceus por tantos pecados
nada mudou,  sou um desgraçado.

E agora o que faço, qual meu castigo?
ator, expectador,eu sei do perigo
ser ou não ser, ver ou não ver,
qual meu papel, qual meu destino?

Mariangela Barreto

Sua opinião é sempre bem vinda!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s