Arquivo mensal: abril 2018

Para a vida não murchar…

SAMSUNG DIGITAL CAMERA

É preciso semear sonhos,
grandes,pequenos,futeis,banais,
não importa,
é preciso sonhar
manter o foco ter objetivos
seja qual for,
para não morrer,seguir em frente,
caminhar,
para a vida não murchar,…

É sempre  desafio constante
Manter sonhos vivos, atuantes,
é preciso estar atento, adubar sementes
para a vida enraizar na força,na fé,
porque é preciso ser forte,
ter coragem e avançar,
driblar a morte que espreita os sonhos
da magia, da fantasia, da alegria.

É preciso apesar do medo
alimentar a coragem de renascer a cada dia
a esperança que contagia
que faz o coração bater,cantar, gritar, lutar
para isto é preciso amar,acreditar na vida
acreditar na gente,em mim e em você
para a vida não murchar
para  o sonho não morrer…

Mariangela Barreto

Anúncios

Tantos mundos…

58608e18e16114412039a531d09f6344

Tantos mundos eu tenho em mim,
lindos,loucos,apaixonados
as vezes alegres,tristes,leves
outras vezes estranhos,tumultuados…

Passa o tempo, passam os anos
aprendo e caminho distraida
um mosaico repleto de sons
de cores,de vozes, dores e vida…

Quem sou eu nesta mistura?
quem sou eu nesta jornada?
sou a resposta e o silencio,
o aqui,o agora,o todo,o tudo,o nada…

Mariangela Barreto

https://www.recantodasletras.com.br/poesias-de-pensamentos/5158501

Pedaços de mim…

10031_568085706557897_202053064_n

Tem um lado em mim que precisa de cura
que por sentir-se feio, triste, maltratado
fica no canto invisivel, entrevado,
anseia a luz  quer iluminar-se
por mais que tente,
não sabe.

Tem um pedaço em mim
que  sofre,
um fragmento solitario,
aquele que tropeçou e ficou para trás
vendo de soslaio o riso no rosto alheio
invejando a beleza sem saber-se belo.
Mas como expressar  temores,
no mundo onde a força impera?
ser sensivel aqui é ser anormal…

Esta parte encarquilhada  avança,
sozinha, remendada mistificando a dor
mas dentro de mim incompleta e solitária
não consegue a liberdade que impera
entre guilhões vive prisioneira,
arrasta-se  incompleta…

A dor  faz lembrar
da parte esquecida de mim
dos fragmentos que imploram cura,
daqueles que precisam de luz
ela sofre então lembra…

É tempo de retornar
reencontrar as partes companheiras
fragmentos da tristeza que estão pra trás,
é preciso retornar em nome do amor,
resgatar o que foi rejeitado, renegado
partes sensiveis gentis e belas
massacradas pelas guerras,
é preciso resgatá-las
para sentir-me curada,inteira
livrar-se da dor
em nome da luz, em nome da paz..
em nome da vida,em nome  do amor…

Mariangela Barreto

https://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/6088802