Arquivo da tag: corrente

Cometa tardio…

tex_dim09

Hoje me rendo ao retorno sensivel e sereno
do ser que sou, ser em mim inviolável, perfeito
não julgo, não penso, somente sinto
e transfiguro tudo que me consome,
sou cometa tardio, incólume fragmento dos deuses.

Dionisio me acolhe, sou sol,
sou êxtase, tragedia e loucura
sou anjo caído, travestido de deus
que hoje retorna do limbo
metamorfoseado de força e doçura.

Zaratustra me inspira, me comove
além de mim, além de si, o super homem
o impio sem virtudes, sem segredos
libertando-me das correntes
por mim mesma forjadas,incautas,
…eterna mente!

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/6140568

 

Anúncios

Custe o que custar…

mar

É preciso recomeçar,
cada vez e sempre
custe o que custar
é preciso expelir a dor
encarar os fatos, as fotos
os sonhos frustrados,
amados, fracassados.

É preciso seguir em frente
depois do parto, do luto
da briga, recomeçar,
seguir, ir em frente, sempre.

Apesar de tudo
é preciso
fluir com a corrente
tornar-se bambu na vida
que não enfrenta vendaval,
deixar-se embalar na chuva
dançar com a  ventania,
fazer amor com o furacao,
sobreviver,
e enquanto espera o sol,
vai vivendo
seguindo,indo.. em frente.

Mariangela Barreto