Arquivo da tag: tempo

No turbilhão do tempo…

17757572_10155281492541055_428418943420074952_n

No turbilhão do meu tempo,
êfemero eu sou
faço ajustes,sozinho prossigo
sigo meu rumo, busco a paz,
medito,canto mantras, respiro
me entrego ao fluxo,
existo somente  neste momento
aqui e agora é tudo que há.

Meu destino é ser luz,
esta vida é ilusão,
é passagem, é fugaz..
se  fujo de mim  me perco
em desvios tão vazios,
entre coisas tao banais.
Doutrinas, verborragias camufladas,
de entes doentes, carentes,iguais
é tudo ego, tudo dor,pesadelo,
curtidas, competição,fantasias,
vou em frente, eu quero paz…

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias-de-pensamentos/6166516

Anúncios

Cometa tardio…

tex_dim09

Hoje me rendo ao retorno sensivel e sereno
do ser que sou, ser em mim inviolável, perfeito
não julgo, não penso, somente sinto
e transfiguro tudo que me consome,
sou cometa tardio, incólume fragmento dos deuses.

Dionisio me acolhe, sou sol,
sou êxtase, tragedia e loucura
sou anjo caído, travestido de deus
que hoje retorna do limbo
metamorfoseado de força e doçura.

Zaratustra me inspira, me comove
além de mim, além de si, o super homem
o impio sem virtudes, sem segredos
libertando-me das correntes
por mim mesma forjadas,incautas,
…eterna mente!

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/6140568

 

Desistência…

10031_568085706557897_202053064_n

Eu desisto
estou entregando tudo
o luxo e o lixo,
estou desfazendo tudo
o dito e o desdito
sem drama me retiro
sem dores renego
os dramas e o palco.
Basta de tudo isso
paixão e ilusão
esperanças vãs,
então eu desisto
das crenças dos mitos
dos simulacros e delirios
desisto das lutas
basta de tudo isto
desisto…

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/6139456

Se tudo acabasse agora…

x10x0xts

E se tudo acabasse agora,
como seria o sonho, o tempo
a ilusão?
Como saberia se valeu a pena
a chave, a chuva,
valeu o amor, o choro, o gozo?
Se tudo acabasse agora, assim
neste sopro sem chance,
sem grito, sem nome?
o que será de mim, da minha alma
da chama que reclama, que pensa
que acha que existe e que insiste
em continuar sendo, sentindo
que SOU,
o que SOU?

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/6138051

Até o próximo ato…

1150427_620925447940589_622408495_n

A vida, esta energia vibrante que tudo permeia e que  está em tudo  não tem finitude, é  puro  movimento nestas linhas e traços  que se propagam  indefinidamente entre universos que transitam entre ondas, linearidades, espirais geométricas e fractais  onde a atração vibracional  molda palcos, mundos incompreensíveis e inimagináveis.

Aqui nesta dimensão  densa, onde a sutileza da beleza da energia do jogo de luzes se condensa e limita, mesmo assim, entre as frestas que acontecem entre o tempo do  sono e o despertar, eu tenho a certeza de  que  a vida continua  de várias formas, em várias dimensões, em vários seres e roupagens,  transformações e movimentos,  impermanência é a assinatura deste mistério…

E aqui estou, se como voluntária ou exilada, não sei, importa que estou aqui, consciência mutante, no thaumazein  deste momento existencial que  me surpreende entre  vivencias e desafios diante da diversidade dos niveis de consciência, dramas e revelações  que  existem neste mundo. E diante da imensidão deste espaço multidimensional, eu sou imensamente grata a esta imensurável Fonte de vida criadora, da qual sou uma pequena centelha cocriadora que se revela. Neste corpo onde vivo, lentamente me desapego das vestes e formas, onde o personagem se traveste até o próximo ato. E assim me expando consciência mutante, Eu Sou.

Mariangela Barreto

Neurótica mente…

556000_4031839132279_19795429_n

Ás vezes alguma coisa me trava e a autosabotagem ataca direta e objetivamente meus  projetos. Convenhamos, eu  tenho alguns  projetos simples de serem materializados, nada espetacular, megalomaníaco nem grandioso, já passei dessa fase…estou mais para o minimalismo. Então elaboro a ideia, planejo, faço rascunhos, organizo  as ferramentas necessárias, a estrutura física e material, e vou a luta, faço logo com todo gás… Mas depois começa a segunda fase, começo a analisar o que fiz, perceber os defeitos, então vem o desmonte e a ideia maligna de desfazer para  fazer melhor  e caio na armadilha…  porque depois eu  empaco,paraliso, protelo, me cobro, vou deixando prá lá… e me cobro cada vez mais e o  tempo passando…..

Será isso perfeccionismo? bem, com os sintomas bem claros fui pesquisar o que significa isto além do que sabia,fui na wikipedia e lá está a definição: “Perfeccionismo, distúrbio neurótico no qual a pessoa sente constante insatisfação com seu desempenho e dúvidas sobre a qualidade de seu trabalho(…)Por vezes a mesma coisa é repetida inúmeras vezes até ficar “aceitável” por um perfeccionista.” oh! my God… sou uma quase neuróticamente perfeccionista… para minha tristeza tenho a prova e a testemunha: meu canal de you tube…… coitado!!!!

Meu sonho era fazer meu canal no You Tube, mas tinha( e ainda continuo tendo um pouquinho) medo de falar para a câmera,   fui fazer cursos para aprender a destravar, e encarei .. Poderia até usar meu celular para iniciar os videos, mas fui logo escolhendo uma filmadora cheia de detalhes e me enrolei toda, pois descobri que como iniciante não sou muito intima dessa tecnologia, depois fui fazer cursos para aprender a editar  afff ! Enfim fiz tudo como deveria ser, na cara e coragem …. Sintetizando fiz vários videos  lancei no canal, mas DEPOIS,  passei a analisar e a reanalisar os videos, pronto… resultado final, exclui todos em que eu apareço , somente deixei um, mesmo assim de vez em quando ainda olho  para ele e sinto aquele gostinho de que poderia fazer melhor…

Então recorro ao Ho óponopono: Eu Sinto muito, me perdoo, eu me amo e sou grata por enxergar e acolher este pequeno distúrbio, porque agora  posso relaxar, refazer, recomeçar, posso brincar, pois estou em grande vantagem neste recomeço, eu já sei mexer na filmadora e editar os videos… o próximo passo é descomplicar, compartilhar e avançar…com  minimalismo, aventura e leveza, porque apesar dos pesares e complicações  la vie est belle, sim muito bela… e estamos aqui para aprender , assim evoluímos e superamos pois somente uma coisa  nos limita … nossa mente.

Mariangela Barreto

Tanto Tempo…

395629_222085967881266_181087585314438_454434_502220230_n

Perdi tanto tempo esperando
esperei muito, tempo fugaz,
neste momento aqui e agora
ainda tenho tempo,
ou é tarde demais?

Quero ser somente este instante,
este lampejo agora, esta inspiração
quero este sorriso, prazer tão leve,
o som que toca a alma,pura magia
… emoção!

1241e-borboletaazulquesemexe_florais0nline

Mariangela Barreto