Arquivo mensal: março 2015

Travessia…

163530_332626283527548_888547372_n

Nestas horas
mergulhada no silencio da noite
escuto meu coração
percebo meus sentidos
sinto a paz mansa
que me acolhe,
esqueço os ruidos do mundo
as mentiras da mente
as armadilhas do ego,
neste momento
sou somente eu no eterno agora
e me sinto completa,desperta
em companhia de mim mesma
atravessando meus desertos…

unnamed (1)

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/5179826

Anúncios

Conta prá mim….

unnamed (2)Conta pra mim uma historia bonita,
que tire este gosto de fel
da minha boca
e que  inunde meu coração de luz.

Conta que existe a beleza mais pura
apesar de tanto ódio e feiura
espalhados por aí
contaminando as mentes e canções.

Conta vai, me fala do sol,
da beleza do mar, do sorriso puro,
conta das borboletas e fadas
enfeitando  ninhos dos passarinhos.,

Conta para mim que tudo passa
que a opressão vai acabar,
que tudo vai melhorar,
canta para mim a canção de ninar
pois ainda sou criança
quero brincar, viver e amar!!!
13936323741393632374Mariangela Barreto

  http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5173203

Aos nossos filhos…. Elis Regina

MÚSICA
Aos Nossos Filhos  – Elis Regina

Perdoem a cara amarrada,
Perdoem a falta de abraço,
Perdoem a falta de espaço,
Os dias eram assim…

Perdoem por tantos perigos,
Perdoem a falta de abrigo,
Perdoem a falta de amigos,
Os dias eram assim…
Perdoem a falta de folhas,
Perdoem a falta de ar
Perdoem a falta de escolha,
Os dias eram assim…
E quando passarem a limpo,
E quando cortarem os laços,
E quando soltarem os cintos,
Façam a festa por mim…
E quando lavarem a mágoa,
E quando lavarem a alma
E quando lavarem a água,
Lavem os olhos por mim…

Quando brotarem as flores,
Quando crescerem as matas,
Quando colherem os frutos,
Digam o gosto pra mim…
Digam o gosto pra mim…

Eu, mulher…

SDC11867

Eu, mulher
sorridente, diferente, carente, displicente
uma incognita transcendente, ludica,voraz
semente da vida e  sonhos de paz…

Eu, assim mulher tão linda,
embevecida pelo luar e  poesia
num embate entre o éden e o hades,
entre  a fantasia, amor e a magia .

Eu assim, mulher amada, cortejada
desejada,
amparada pelos anjos e deuses,
no fio da navalha entre o tudo e o nada
entre o cheio e o vazio…

Eu, onde a vida é gerada em mim.
onde o amor toma forma e corpo
simples deusa,humana guerreira,
criança brejeira, simples mulher,
coração e sonhos, nada mais!!!

Mariangela Barreto

13936323741393632374

http://www.recantodasletras.com.br/poesiascomemorativas/5162649

Desafio…

meditacao2

Olho para os lados,
no movimento ciclico já é noite
minha mente tenta negar o abismo
o inexoravel, o inominável,
pois a lucidez sabe que a morte ronda,
que a decadencia é certa
que é preciso viver conformado,
bombardeado pelo dualismo banal
da existencia
deste viver misterioso,
e ter que continuar vivo
num  desafio para encontrar o caminho,
desacreditando nas sereias visionarias,
que cantam armadilhas,
inventando paraisos que não existem
pois sonhos consumistas
são banais,passageiros e mortais
fugazes como o ultimo suspiro…

Mariangela Barreto

4201196035_0e709b4bc5_b

http://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/5161942

Deixe estar…

3085288

As vezes minha poesia seca,
e eu fico assim sem sementes
para plantar no meu jardim
das memorias, inspiração!!!

Minha poesia se exila ás vezes,
vai embora para algum lugar
que eu não sei, somente sinto
ela parte e me deixa só….

E eu fico!
submissa eu espero
eu relevo, pondero,
tudo bem,
deixe estar….

Mariangela Barreto

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/5149874